sexta-feira, 23 de outubro de 2009

CÃO POLÍCIA



-Travesti – de gatas,
tem tal perícia
em quatro patas,
o cão polícia.

Tem tal jeito
(de gatas)
o cão perfeito,
ainda de alpercatas.

Ladra, morde
por meia dúzia de ossos.
com sorte,
de outro, não os nossos.

4 comentários:

  1. Não quero comentar este poema e acordar este cão polícia de alpercatas.
    Todos ladram e roiem ossos, uns do ofício e outros dos vícios.
    Atenção ao radar............

    ResponderEliminar
  2. Tão pouco a dizer tanto.
    Surpreendente!


    Um beijo

    ResponderEliminar
  3. Oi, João! Tudo bem? Continuo te acompanhando, viu?

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar